No dia 30 de setembro aconteceu, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília, o Encontro Novas Práticas, que foi criado com o objetivo de ser uma oportunidade de relacionamento com o mercado de escolas particulares e que vai tratar de temas relativos a todos os segmentos, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

A primeira edição teve o tema Educação Infantil em Foco – infinitas possibilidades de aprender e ensinar. Foram convidadas mais de 200 escolas do DF e entorno. Aproximadamente 150 pessoas estiveram presentes no evento. O objetivo desta primeira edição foi reunir educadores da Capital Federal para discutir os novos rumos da educação infantil, com a introdução da Base Nacional Curricular Comum nos materiais didáticos do segmento.

A atração principal foi a profª. drª. Emília Cipriano, referência de Educação Infantil no Brasil. Emília atualmente é diretora na empresa Instituto Aprender a Ser – pesquisa e formação educacional, e realiza palestras sobre o assunto em todo o país, além de lecionar na PUC de São Paulo.

Emília falou sobre a importância dos educadores e crianças serem protagonistas da aprendizagem; dos desafios da educação infantil no contexto das novas tecnologias; e como as escolas precisam lidar com as crianças de hoje que tem um comportamento bem diferente, sendo mais antenadas e atentas ao mundo ao seu redor.

O 1º Encontro Novas Práticas também contou com a presença da professora Aline Brincker, atual coordenadora pedagógica da educação infantil na escola salesiana de Santa Rosa, no Rio Grande do Sul. Aline foi convidada para falar aos participantes sobre sua experiência no uso do material Girolhar na educação infantil da escola. Ela pôde mostrar o envolvimento dos alunos, a participação dos pais e alguns projetos realizados pelos próprios alunos. Tudo conforme proposto no Girolhar e de acordo com a BNCC.

Ao final do evento, após a realização de sorteio de brindes, os participantes puderam desfrutar de um coffee break. Para a coordenadora de relacionamento da Edebê, Tatiana Lima, “a Edebê está no caminho certo ao se abrir para o mercado e apresentar de forma consistente seus materiais didáticos e de literatura, que têm excelente qualidade e podem concorrer com as grandes editoras do país”.